Dismenorreia ou Cólica Menstrual

É um mal de várias teorias! Dismenorreia ou cólica menstrual inicia-se pouco antes do sangramento menstrual, apresentando-se sob forma de dor embaixo do ventre associada a outros sintomas, como: lombalgia, cefaleia, náuseas, vômito, diarreia, anemia, alteração emocional, depressão mental, etc. E que ocorre mais ou menos em 50% das mulheres com idade fértil.

As cólicas podem ser de:

Caráter Primário:

Ocorre sem que haja lesões nos órgãos pélvicos. Geralmente, ocorre nos ciclos menstruais normais e logo após as primeiras menstruações na adolescência, podendo cessar ou diminuir significativamente quando a mulher atinge a faixa dos 20 e poucos anos;

Caráter Secundário

Relacionada a alterações do sistema reprodutivo, que podem ser endometriose, miomas uterinos, infecção, anormalidades na anatomia do útero ou da vagina de origem congênita. Outra causa da dismenorreia secundária é o uso de dispositivo intrauterino (DIU) como método anticoncepcional.

Bibliografia Consultada: Aziato et al. The experience of dysmenorrhoea among Ghanaian senior high and university students: pain characteristics and effects; Reproductive Health 2014, 11:58
Pu B, Fang L, Gao L, Liu R, Li A; Animal Study on Primary Dysmenorrhoea Treatment at Different Administration Times; Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine Volume 2015, Article ID 367379, 8 pages.
UNSAL A, AYRANCI U , TOZUN M, ARSLAN G, CALIK E; Prevalence of dysmenorrhea and its effect on quality of life among a group of female university students; Upsala Journal of Medical Sciences. 2010; 115: 138–145.